Search
  • escolavesper

Matemática em jogos: uma forma divertida de desenvolver o raciocínio

Em meio a tabuada, equações, problemas e diversas regras, é comum que o estudante relacione matemática a algo massante, cansativo.

Como educadores, é necessário lançarmos mão de técnicas que transformem este estigma, trazendo motivação ao aprendizado, além de mostrar que a matemática é inerente ao cotidiano, inclusive ao lazer.


Além dos benefícios na formação do raciocínio individual, os jogos matemáticos são uma excelente ferramenta para a formação de laços sociais, quando aplicados em grupos. Esta ferramenta faz com que o aluno muitas fezes enfrente seus temores não só com relação a matemática, mas também sociais.

Este trabalho faz então com que a imagem sobre a disciplina seja revisitada, o que traz um impacto direto no cotidiano de sala de aula: inconscientemente, a imagem de uma disciplina "chata" passa a ser de algo divertido, e aplicável a diversas vertentes.


Para crianças pequenas, jogos como "quantos quantas" (em que o professor pergunta por exemplo quantas orelhas o aluno tem, quantos pés e etc), encaixe e agrupamento de itens (blocos coloridos, filhas, objetos variados) são efetivos e divertidos para fixação de conhecimento.


Para adolescentes, jovens e até mesmo adultos, o leque fica ainda maior. Veja abaixo alguns exemplos que podem ser feitos individualmente, em grupos ou em forma de competição:


- Sudoku

- Xadrez

- Cubo Mágico

- Resta 1

- Quizzes


Pensando em todos os benefícios acima, a Escola Vésper apresenta o curso "JOGOS MATEMÁTICOS" voltado a grupos de até 10 pessoas, separados por faixa etária, visando explorar todos os benefícios da aplicação deste método. Entre em contato conosco para saber mais!



Um abraço,

Equipe Vésper

12 views0 comments